(99) 98852-2276 / 98852-1721

Blog

Publicado em: 1 de Novembro de 2017 às 15:04

Estudantes iniciam preparação para Enem 2017 em Imperatriz

Em Imperatriz, a 626 km de São Luís, estudantes já começaram a se preparar para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). Por falta de oportunidades e condições financeiras, muitos estudantes não têm como se preparar para os vestibulares e acabam perdendo a chance de ingressar em uma universidade pública.
Um cursinho preparatório da Universidade Estadual da Região Tocantina, que ajuda a suprir as necessidades desses alunos, existe há 10 anos no município e este ano contou com uma novidade. Esse foi o primeiro ano que a taxa de inscrição, que normalmente custa 20 reais, não foi cobrada e os alunos para serem selecionados passaram por uma pesquisa.
Segundo Stefanne Sorrá, uma das responsáveis pelo cursinho, este ano a procura foi intensa e para escolheres os estudantes a direção decidiu aplicar a questão de vulnerabilidade social. “Foram 250 inscritos e desses, foram prestigiados aqueles que se encontram em uma questão de vulnerabilidade social, ou seja, eles não pagaram uma taxa ou fizeram prova, eles responderam um questionário socioeconômico e através deste é que foram selecionados”, explicou.
O número de alunos selecionados foi o suficiente para formar duas turmas. A iniciativa do projeto é uma parceria da Uema Sul, do curso de extensão da instituição e acadêmicos. Segundo a secretária geral do cursinho, Walquíria Lima, os próprios docentes da instituição irão ministrar as aulas. “Além deles, a gente vai ter doutores, mestres da própria universidade que irão dar aulas para essas turmas”, disse.
A dona de casa e agora estudante Maria de Jesus Santos, voltou a sala de aula após 15 anos por conta do projeto. A estudante agora compartilha o conhecimento na mesma sala em que a filha estuda, e afirma que o apoio que recebe é o que a faz permanecer estudando. “Agora é um recomeço, não é? Eu não sei se eu vou continuar por muito tempo, eu tive vontade de desistir no começo, me matriculei, mas depois queria parar, mas elas me deram força e eu estou aqui. Eu espero que eu continue”, contou.
A iniciativa também gera oportunidade para alunos da instituição. Ray Miranda, acadêmico de Ciências Biológicas, através do projeto se tornou professor de biologia e vê o cursinho como uma via de mão dupla, onde todo mundo se ajuda. “É o momento de nós colocarmos em prática aquilo que a gente aprendeu na sala de aula. Então, todos os conteúdos que nós vemos no curso, que tem duração de 5 anos, a gente vem para a sala de aula a gente coloca em prática esses conteúdos. É importante porque nós estamos devolvendo a sociedade aquilo que ela nos proporcionou dentro da academia”, finalizou.

 

Residence Hotel deseja boa sorte a todos que irão fazer a prova.

 

https://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/estudantes-comecam-a-se-preparar-para-o-enem-2017-em-imperatriz.ghtml

 

// Chamada do widget de web checkin WebCheckin.start('12086245000162');